Compartilhe com seus amigos!

19 minutos de leitura

Os benefícios que o marketing digital traz para a sua empresa dependerá do objetivo de cada tipo de marketing, no qual pode ser aumentar a brand awareness (notoriedade de marca) e autoridade no mercado, impulsionar o tráfego e aumentar os leads e receita em geral.

 

Fazer marketing online para a sua empresa é bastante importante atualmente. Pois o acesso a internet mais que duplicou a partir da última década pra cá, e essa mudança afetou a forma como as pessoas fazem compras e interagem com as empresas.

 

Menu de conteúdos:

  1. O que é Marketing Digital?
  2. Estratégias comuns de marketing
  3. Marketing digital funciona?
  4. Como eu começo?
  5. Como o marketing digital é diferente no mobile?

 

O que é Marketing Digital?

 

Mas afinal o que é marketing digital? Igual os outros tipos de marketing, o marketing digital é uma forma de se conectar e impactar seus potenciais clientes. A diferença é que você faz isso online através de uma série de canais digitais tais como, posts em mídias sociais, marketing de conteúdo, anúncios na web e mídias sociais e mecanismos de busca.

 

As empresas atingem seus objetivos através dos canais citados acima ao invés do marketing tradicional que utiliza canais como, outdoors, anúncios de televisão e anúncio por correspondência, etc.

 

Agora que sabemos o que é marketing digital, você talvez se pergunte quais os recursos que ele dispõe?

 

Recursos de marketing digital comuns

 

Quase tudo pode ser um recurso de marketing digital, ou seja, qualquer recurso que você utilize online. Dito isso, você talvez não perceba a quantidade de recursos que existem a sua disposição. Abaixo temos alguns exemplos:

 

  • Seu Website

 

  • Recursos de marca (logos, ícones e acrónimos)

 

  • Conteúdo em vídeo (anúncios de vídeos, demos de produtos)

 

  • Imagens (infográficos, produtos e fotos da empresa)

 

  • Conteúdo escrito (posts de blog, ebooks, descrições de produto, seções de ajuda, conteúdos de “centrais de aprendizagem” ou cursos online)

 

  • Produtos online e ferramentas (SaaS, calculadoras, conteúdo interativo)

 

  • Reviews

 

  • Páginas nas redes sociais

 

Nessa lista só possuem os recursos mais comuns. Mas a maioria dos recursos de marketing irão se enquadrar em algumas desssas categorias. E analistas de marketing digital estão constantemente procurando por formas de atingir clientes online, e a lista de recursos só aumenta.

 

Falamos sobre o que é marketing digital e seus recursos, chegou a hora de entrar mais a fundo e conhecer suas estratégias.

 

Estratégias comuns de marketing

 

Assim como os recursos a lista de estratégias de marketing está em constante evolução, essas mencionadas abaixo são as mais comuns e eficientes que as empresas utilizam.

 

Anúncio PPC

 

Os anúncios Pay-per-click (PPC) é um termo geral que se refere a qualquer anúncio online onde você paga por cada clique que um usuário faz no anúncio. Por exemplo, o Google Ads é uma forma de anúncio PPC que se chama “paid search adverstising”. O Facebook Ads é um outro tipo de anúncio PPC chamado “paid social media advertising”.

 

Confira em formato de video uma explicação sobre o funcionamento da plataforma de anúncios do Google:

SAIBA ANUNCIAR NO GOOGLE DE FORMA PROFISSIONAL POR 4X DE 47,25

 

 

Paid Search Advertising

 

Paid Search Advertising ou Anúncios Paid Search é um dos melhores jeitos de alcançar um potencial cliente que está buscando por um serviço ou produto seu.

 

O Google, Bing e Yahoo permitem que você anuncie em suas páginas de resultados do mecanismo de busca (SERPs).

 

De acordo com o Google, 91% dos usuários estão fazendo buscas pelo celular. Ou seja, é bom que suas campanhas de Paid Search também sejam ser otimizadas para o mobile para que você não perca cliques e potenciais clientes.

 

Paid Search Media Advertising

 

Plataformas como o Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Pinterest e Snapchat permitem com que você pague para anunciar na plataforma deles. Anúncios Paid Social Media é ótimo para os públicos terem consciência da existência do seu negócio, produto ou serviço.

 

Search Engine Optimization

 

O Search Engine Optimization (otimização de mecanismos de busca), também conhecido como SEO, é uma técnica utilizada por analistas de marketing digital para ranquear de forma orgânica páginas e posts de blog. Você precisa de mais habilidade e know-how para ranquear na primeira página do google com o SEO do que com anúncio paid search.

 

Marketing de Social Media

 

Igual o SEO, é uma forma gratuita e orgânica de utilizar plataformas como Facebook ou Twitter para fazer marketing para a sua empresa. Infelizmente, fazer marketing orgânico nas mídias sociais toma muito mais tempo que os anúncios pagos. Mas mesmo assim, pode ser muito bom fazer caso não tenha muito dinheiro. O Marketing de mídias sociais é uma das melhores estratégias de marketing digital, mesmo que você não gaste nada.

 

Conversion Rate Optimization

 

Otimização da taxa de conversão ou Conversion Rate Optimization (CRO) serve para melhorar a experiência do usuário online fazendo com que eles convertam mais no final. Isso pode ser algo simples como clicar em um link e assinar uma newsletter. Várias empresas utilizam o CRO para conseguir leads, conversas, ligações e vendas de seus sites.

 

Marketing de conteúdo

 

O que é Marketing digital de conteúdo é um outro termo de marketing bastante abrangente. Marketing de conteúdo é tudo aquilo que utiliza recursos de conteúdo no marketing (blog posts, infográficos, eBooks, vídeos, etc.) para construir consciência de marca (brand awareness) ou gerar cliques, leads ou vendas. Mais importante, quando você combina esses elementos da forma correta, você consegue desenvolver uma estratégia de marketing mais clara.

 

Publicidade Nativa

 

Você já percebeu que no fim de um artigo que você lê, geralmente tem uma lista de artigos sugeridos? Isso é publicidade nativa. A maioria deles se resumem em marketing de conteúdo, pois utilizam conteúdo para atrair cliques (“Você não irá acreditar no que vem depois”). Geralmente, é difícil de notar pois fica misturado com outras coisas.

 

Email Marketing

 

O Email marketing é a forma mais antiga de marketing online e ainda está bem forte. A maioria dos analistas de marketing digital utilizam para anunciar ofertas, destacar conteúdo ou promover um evento. Essa estratégia oferece oportunidade para alcançar usuários que talvez não estejam nas plataformas mais populares, como as mídias sociais.

 

Marketing de Afiliado

 

É impossível falar sobre o que é marketing digital sem mencionar o marketing de afiliado.

 

O marketing de afiliado se resume em pagar alguém, uma pessoa ou negócio, para promover seus produtos e serviços no site deles.

 

Existem diversas formas de anunciar seu negócio online, anunciando você mesmo, terceirizando, contratando um time, etc. Investir um pouco em marketing pode melhorar o seu retorno sobre o investimento (ROI).

 

Marketing digital funciona?

 

Agora que você sabe o que é marketing digital e suas estratégias, você talvez se pergunte, marketing digital funciona? E a resposta é sim e muito. Marketing digital é uma excelente opção para qualquer negócio que queira aproveitar as vantagens dos recursos que o marketing online disponibiliza, e assim obter sucesso num mundo que só cresce digitalmente. Se você conhece o seu público que você quer atingir, você consegue alcançar qualquer um digitalmente.

 

No entanto, alguns negócios irão se beneficiar mais de certos tipos específicos de anuncios online. Vamos dar uma visão geral em quais estratégias funcionam melhor para as empresas business-to-consumer (B2C/empresa que vende para cliente) e business-to-business (B2B /empresa que vende pra outras empresas).

 

Empresas B2C

 

De modo geral, empresas B2C vendem coisas mais baratas do que empresas B2B. Afinal, pode ser bem difícil vender uma broca de 150 mil reais para uma mãe de família. Mas uma calça cara para um jovem? Você tem mais chances de vender.

 

A boa notícia é que, pelo fato das empresas B2C não estarem tentando vender produtos e serviços extremamente caros, eles não precisam de grandes times de vendas ou funil de vendas complexos. Tudo o que eles precisam fazer é apresentar seus produtos para o público certo com a mensagem correta e a venda correrá naturalmente.

 

Como resultado, o principal objetivo de uma empresa B2C é guiar o cliente dentro do funil de marketing. Por exemplo, se você conseguir com que uma mãe acesse a página de roupas de crianças e depois disso você oferecer a ela uma promoção, existe uma grande chance de que ela compre o produto hoje. Você não precisará criar uma tonelada de estratégias de brand awareness ou ganhar muita confiança para fechar uma venda.

 

Sabendo disso, empresas B2C veem grandes vantagens de utilizar canais digitais de marketing de midias sociais e paid social. Esses canais são muito bons para apresentar seu negócio a potenciais clientes que não conhecem sua marca.

 

Adotar outras ações de estratégia de marketing digital como paid search ou SEO é sempre uma boa ideia. Se você precisa escolher algumas modalidades de anuncio, anúncios paid search ou marketing de mídias sociais são uma boa opção para B2C.

 

Empresas B2B

 

Em contraste, paid search é uma ótima opção para campanhas de mídias sociais B2B. Muitos possuem públicos bastante nichados que podem ser difíceis de atingir utilizando mídias sociais. No entanto, se você vende brocas de 150 mil reais e alguém busca por “fabricante de brocas de perfuração de petróleo com ponta de diamante” você irá querer que eles te vejam primeiro. Sim, você talvez pague mais pelos seus cliques do que você pagaria por anúncio paid social, mas vendendo algo por 150 mil, é um dinheiro bem gasto.

 

Além disso, empresas B2B possuem ciclos de vendas mais longos e mais envolvidos do que empresas B2C. Se você estiver vendendo uma broca de 150 mil, é muito provável que a maioria das pessoas não entrem no seu site e já te liguem dizendo “eu quero pedir uma”. Portanto, estratégias de longo termo como marketing de conteúdo ou email marketing são geralmente necessárias para fechar um negócio.

 

Claro, a combinação correta de táticas de marketing digital irá variar de indústria para indústria e de negócio para negócio, mas simplesmente comparar b2c com b2b pode te dar uma luz de como algumas estratégias podem ser melhores para certo tipos de negócios. Nem toda estratégia é boa para todo negócio, mas com tentativa e erro, você irá conseguir encontrar a opção mais lucrativa para a sua empresa.

Agora que sabemos o que é marketing digital e tudo mais, continue lendo para saber como começar.

 

 

 

Como eu começo?

 

A boa notícia é que é fácil começar com marketing digital. Tendo um conhecimento básico de marketing digital por experiência própria ou curso, você já terá uma noção do que fazer.

 

Independente das estratégias que você escolher utilizar, aqui temos 4 perguntas que você precisa responder antes de começar suas campanhas de marketing digital.

 

1. O quanto você precisa ter de lucro?

 

Descobrir o quanto você precisa gastar com marketing digital significa tornar seus objetivos mais claros. A forma como você aborda o marketing digital pode variar dependendo se o seu objetivo final é gerar cliques, conversões, leads, vendas, receita ou um certo ROI.

 

O objetivo final de qualquer esforço de marketing deve ser o ROI. Se o marketing digital não está te dando lucro para o seu negócio, isso significa que seu marketing digital não está chamando a atenção dos clientes. A essa altura, é melhor desenvolver uma nova abordagem de marketing digital.

 

Cliques e conversões são ótimos, porém a sua empresa não irá ganhar dinheiro diretamente das conversões e cliques. São as vendas que geram receita.

 

Com isso em mente, a primeira coisa que você deve determinar antes de decidir qual deve ser o seu orçamento de marketing digital é o quanto de receita você quer gerar. Isso irá te ajudar a decidir o quanto você irá gastar em anúncios para alcançar o objetivo de receita.

 

2. Para quem você está fazendo marketing?

 

O próximo passo é determinar para quem você está fazendo o marketing digital. Isso é muito importante pois diferentes buyers personas exigem diferentes táticas de marketing. E, ainda mais importante, diferentes buyers personas se tornam diferentes tipos de compradores.

 

Se a sua empresa decidiu criar um time de vendas, pedir para eles por ideias sobre os clientes é o jeito mais rápido de ter uma buyer persona mais clara enquanto coleta dados para desenvolver sua estratégia de marketing digital. Afinal, o time de vendas é quem mais fala com os clientes.

 

No entanto, falar com o seu time de vendas e fazer uma pesquisa não é o suficiente para conseguir o nível de detalhe que você precisa para criar um plano de marketing digital eficiente. Para fazer isso, você precisa pegar o telefone e ligar para os seus clientes. Mesmo que seus clientes fale para você, “Sua empresa apareceu no google para mim e eu cliquei”, isso já são dados valiosos é já te dá um feedback que suas estratégias de marketing digital estão funcionando em um certo nível.

 

Pergunte como eles te acharam, porque eles converteram e o que fez com que eles comprassem seu produto ou serviço. Essa informação irá te dar uma tonelada de insights para o seu processo de marketing e vendas. Aprender essas informações irá melhorar a performance dos seus anúncios e determinar o seu orçamento de marketing.

 

3. Quanto valem seus clientes?

 

Geralmente, as pessoas olham para as buyers personas como uma boa forma de elaborar uma estratégia de marketing digital eficiente. As buyers personas são ótimas para isso, mas também são importantes para elaborar um plano de marketing digital eficiente.

 

Por exemplo, imagine que você esteja anunciando para uma empresa da modalidade SaaS que possui a seguinte configuração de preços:

 

 

  • $25, Pequeno Negócio

 

  • $75, Negócios de médio porte

 

  • $150, Empresa grande

 

Uma pequena empresa tem necessidades muito menores do que as outras duas, então ela provavelmente escolheria o pacote iniciante de $25. O negócio de médio porte provavelmente escolheria o pacote profissional de $75, já um negócio grande provavelmente escolheria o pacote interprise de $150.

 

Um exemplo para se ter em mente quando for determinar o quanto seus clientes valem:

 

O valor da vida útil ou lifetime value (LTV) que gasta $500 por ano em serviços da sua empresa, possui um LTV maior do que o da empresa que gasta 1.500 reais da sua empresa por ano. É tentador focar seus esforços em clientes de nível de empresa grande, pois eles trazem mais dinheiro em uma unica compra. No entanto, vale mais a pena investir em encontrar e reter clientes de pequenas empresas do que empresas grandes.

 

Considerando que a média das buyer personas são seus clientes numa média de 14 meses, quatro anos ou nove anos, respectivamente, e compra 5, 20 e 100 licenças, respectivamente, aqui embaixo temos o valor da vida útil para cada uma dessas personas ([licenças/mês] x [nº de licenças] x [tempo de vida típico do cliente em meses])

 

Valor da vida útil

 

  • Pequena Empresa: $ 1,750 

 

  • Média empresa: $ 72,000

 

  • Empresa grande: $ 1,590,000

 

Esses números são chamativos, mas nem todo ele é lucro.

 

Empresas de SaaS gastam cerca de 22% em atendimento, 9% para vendas, e tem uma sobrecarga de 40%, deixando eles com 29% do LTV de cada cliente. Isso significa que você tem que gastar menos do que o seguinte para conseguir clientes do Facebook:

 

Custo Máximo de Aquisição ou Maximum Acquisition Cost (MAC)

 

  • Pequenas empresa: $ 507,50

 

  • Média Empresa: $ 20,880

 

  • Empresa Grande: $ 461,100

 

Se você conseguir manter o seu Custo de Aquisição por cliente ou Customer Acquisition Cost (CAC) abaixo desse valor, você irá lucrar. Se custar mais para conseguir esses clientes, você terá prejuízo.

 

Claro, é improvável que o mercado esteja cheio de grandes empresas, então você irá precisar um mix vários tamanhos de empresa para atingir o objetivo de receita. Isso irá ditar o seu orçamento para o Facebook. Geralmente, as empresas acham que o LTV dos clientes de média empresa supera os das grandes empresas. Em resposta a isso, eles alteram as suas campanhas de marketing digital e direcionam seus gastos com anúncios para adquirir e reter uma base de clientes de pequenas empresas.

 

Então se você estiver disposto a gastar $0.18 em marketing digital para conseguir $1,00 em LTV (para uma margem de lucro de 11%), você irá conseguir gastar o seguinte para cada buyer persona:

 

Customer Acquisition Cost (CAC)

 

  • Pequenas Empresas: $ 315

 

  • Média Empresa: $ 12,960

 

  • Empresa Grande: $ 286,200

 

Se você não consegue produzir clientes pagantes dessas personas de um preço abaixo desse limite, você provavelmente não deveria estar vendendo para essa persona.

 

No entanto, vamos supor que seus esforços de marketing digital produz atualmente compradores de cada persona no limite ou abaixo desses CACs. Nesse caso, você pode utilizar essas informações para calcular o seu orçamento de marketing digital.

 

4. Quanto você precisa gastar para alcançar seus objetivos?

 

Pegue o seu CAC, valor médio do pedido de compra e número médio de compras (caso você tenha um modelo de inscrição, você pode utilizar a vida útil média de cada buyer persona aqui) e colocar essas informações nessas equações para determinar sua estratégia de marketing digital, taxa de LTV para CAC:

 

  • LTV = [Média mensal de receita por cliente em dólares] X [Vida útil do cliente em meses]

 

  • CAC = [Total do custo em dólares para conseguir clientes nessa buyer persona] / [Número de novos clientes adquiridos da campanha de marketing digital]

 

A taxa ideal para LTV:CAC é de 3:1 a cada 12 meses, ou seja, o valor do cliente deve ser três vezes maior do que o valor para obter eles como cliente. Uma taxa próxima de 1:1 significa que você está gastando muito para conseguir clientes. Uma taxa maior do que 3:1 significa que você está perdendo negócios, pois não está impulsionando seus esforços de marketing digital para conseguir mais clientes.

 

Agora, como você pode imaginar, essa abordagem não é uma estimativa perfeita para estimar o que será necessário para atingir suas metas de receita. Isso é tão preciso quanto às informações que você fornece. Porém, é muito melhor fazer isso do que fazer aleatoriamente sem se basear em nada, esperando que o marketing digital irá produzir os resultados que você precisa.

 

Como o marketing digital é diferente no mobile?

 

O marketing digital no celular é diferente do marketing digital para desktop. Essas diferenças são significativas, pois os smartphones são o principal dispositivo que as pessoas utilizam para interagir na internet.

 

Com cerca de 50% das atividades online ocorrendo nos dispositivos mobile, a mudança do desktop para o mobile afetou profundamente o marketing digital.

 

O Google Ads se livrou dos anúncios sidebar das suas páginas de resultados para criar uma experiência mais consistente entre o desktop e o mobile. O Facebook Ads seguiu o mesmo exemplo nos últimos 5 anos, não mostrando mais anúncios sidebar no desktop ou mobile e ao invés disso mostram apenas anúncios in-stream. 

 

Além de otimizar seus anúncios para o mobile, é também importante pensar sobre a sua experiência no site e landing page. O seu site pode ser bonito numa tela de desktop, mas pode ser impossível de navegar pelo mobile, se tiver assim você pode acabar alienando uma porcentagem significante do seu tráfego.

 

No mínimo, você deve ter um website responsivo para o mobile. Idealmente, a experiência de usuário (UX) mobile deve ser feita para que os usuários acessem o máximo de recursos que possuem no site em desktop. 

 

Se a maioria dos analistas de marketing digital percebem ou não, o marketing digital agora é focado na experiência mobile. A boa notícia é que, se você é novo no marketing digital, você não precisa se preocupar em inventar a roda.

 

Você pode começar agora a trazer anúncios chamativos para o mobile e depois adaptar o quanto precisar para o mobile.

 

Nesse artigo falamos sobre o que é marketing digital, seus recursos, estratégias e como começar, agora chegou a hora de botar a mão na massa, mas caso não se sinta confortável ainda um curso deve ser suficiente para se aventurar.

 

O que aprendemos nesse artigo?

 

O que é Marketing Digital?

Igual os outros tipos de marketing, o marketing digital é uma forma de se conectar e impactar seus potenciais clientes. A diferença é que você faz isso online através de uma série de canais digitais tais como, posts em mídias sociais, marketing de conteúdo, anúncios na web e mídias sociais e mecanismos de busca.

Marketing digital funciona?

Marketing digital é uma excelente opção para qualquer negócio que queira aproveitar as vantagens dos recursos que o marketing online disponibiliza, e assim obter sucesso num mundo que só cresce digitalmente.

Como eu começo com o marketing digital?

A boa notícia é que é fácil começar com marketing digital. Tendo um conhecimento básico de marketing digital por experiência própria ou curso, você já terá uma noção do que fazer.

O marketing digital é diferente no mobile?

O marketing digital no celular é diferente do marketing digital para desktop. Essas diferenças são significativas, pois os smartphones são o principal dispositivo que as pessoas utilizam para interagir na internet.

 

 

Compartilhe com seus amigos!

Deixe um comentário