Consultoria – Transformação Digital para empresas

Sua empresa adaptada ao mundo digital

UM PASSO NECESSÁRIO

“90% das empresas estão ampliando o orçamento para transformação digital”. 

Levantamento feito pela Tata Consultancy Services (TCS) com cerca de 300 líderes sêniores

Como funciona a consultoria Transformação Digital

Maturidade Digital

Passo 1

Avaliação da Maturidade Digital da sua empresa (15 dias)

Passo 2

Plano de ação detalhado de transformação digital (15 dias)

Passo 3

Acompanhamento de implementação das ações (30 dias)

Com a consultoria transformação digital a verdadeira transformação será na sua empresa

Redução drástica de custos

A tecnologia disponível hoje já permite empresas realizarem a automação de grande parte da operação e evitar assim processos repetitivos e desnecessários. 

Agilidade nas decisões

Além de naturalmente permitir o foco maior das pessoas em atividades não operacionais, os dados estruturados proporcionados pela transformação digital servem como conhecimento para facilitar decisões. 

Assertividade nas ações

A falta de estrutura clara de informação, além de direcionar ações que não geram resultado, fazem com que a equipe não tenha convicção do caminho a ser seguido.

Foco no resultado

Horas e horas são desperdiçadas em reuniões e debates que não geram ações eficazes. A certeza do foco permite que todos “remem” para o mesmo lado.

Automações

Serviços manuais além de desperdiçar recurso humano, é lento e sujeito a falhas. A integração dos dados internos e externos faz com que ações sejam tomadas de forma automática.

Foco no cliente

Em tempos onde o cliente é o rei e onde os concorrentes se multiplicam, dedicar esforço no encantamento é fundamental. Isso só é possível se o seu backoffice estiver funcionando 100%.

Em qual fase da Transformação Digital você se encontra?

digitalização

Fase 1: Digitalização

Nessa primeira fase, você já coleta dados e digitaliza alguns processos que antes eram manuais. Aqui é onde são instalados os sistemas consolidados como CRM, ERP, sistema financeiro e sistemas específicos.

Ganhos dessa fase: Os ganhos são produtividade e organização dos dados para consulta quando necessários.

Relatórios

Fase 2: Relatórios

Com os dados sendo gerados, os departamentos começam a usá-los para ter embasamento nas decisões. Nesta fase, os relatórios costumam ser simples e limitados à informação de cada sistema.

Ganhos dessa fase: Os benefícios dessa fase são aprimorar as tomadas de decisões operacionais.

integração

Fase 3: Integrações

Geralmente, ao sentir o gosto dos dados, a empresa começa a querer ter visões mais completas e amplas. Como os dados até aqui estavam em “silos” isolados, é necessário começar a integrá-los. Nesse momento a empresa começa a ver a necessidade de coletar os dados de forma correta e de centralizar informações que ainda podem se encontrar duplicadas dentro da empresa. 

Ganhos dessa fase: Visão mais ricas com cruzamentos entre sistemas internos, além de pequenas automações.

Dashboard

Fase 4: Dashboards

Até aqui os dados estavam sendo utilizados para direcionar ações mais estratégicas. Não é à toa que até aqui o principal interessado nesse processo foram os gerentes e diretores. Porém, tendo dados em grande volume e mais estruturados, em tempo real, começam a surgir sistemas que indicam ações operacionais.

Ganhos dessa fase: Aqui os ganhos são de eficiência no operacional e de maior engajamento do time a partir do momento em que existe clareza das metas.

Automação

Fase 5: Automações

Quando o sistema começa a gerar gatilhos de ações para os colaboradores executarem, começamos a notar que as ações muitas vezes podem ser substituídas por programações específicas usando os dados disponíveis. Existem sistemas como o zapier que são especializados nessa etapa, possibilitando criar ações de forma fácil.

Ganhos dessa fase: O principal ganho nessa etapa é de eficiência operacional e diminuição drástica de custos.

Otimização

Fase 6: Otimizações

Nessa fase, sua equipe busca estruturar ainda mais os dados entre os departamentos e sistemas, inclusive trazendo dados de terceiros (fora da empresa).

Ganhos dessa fase: Os ganhos são de permitir avançar ainda mais na eficiência e de preparar o “terreno” para a próxima fase.

Fase 7: Inteligência artificial

Com bases de dados extensas e estruturadas, podemos embasar nossas decisões não somente em regras lógicas e claras, mas também em algoritmos complexos. O uso de I.A. nos permite, nessa fase, não somente gerar predições, mas também automatizar as decisões além de permitir coletas de dados complexas como OCR (digitalização de arquivos impressos), NPL (processamento de linguagem natural), processamento de imagens entre outras possibilidades.

Ganhos dessa fase: Inovação de auto valor agregado e criação de novos produtos

Empresas que atendemos

Venha conversar conosco sobre as possibilidades que a digitalização pode levar para a sua empresa