5 minutos de leitura

Compartilhe com seus amigos!

Quando pensamos nas consequências que estão por vir devido ao Coronavírus, a única certeza que temos é que as coisas “vão mudar”. Situações de grande impacto como essa tem o poder de mudar hábitos de vida das pessoas e consequentemente sua forma de consumo.

 

Não podemos ter certezas, mas podemos tentar deduzir eventuais consequências no mundo do marketing digital. O número de pessoas que usam a internet vai aumentar? A publicidade irá ficar mais cara? Meu produto vai ser impactado?

 

Para ajudar a responder essas perguntas, vamos primeiro pontuar algumas consequências do vírus e da crise econômica:

 

Empresas levam produtos para a internet

Empresas levam produtos para a internet

O primeiro impacto forte nos hábitos das pessoas para conter o vírus foi a quarentena. Jogos, eventos, comércio, aulas, enfim… Todas as empresas que tem propostas de valores relacionadas ao contato presencial foram afetadas. Na tentativa de sobreviver, elas procuraram alternativas para seus produtos. Muitas delas tiveram a necessidade de levar parte ou toda a sua proposta de valor para o digital. Um exemplo são das escolas que precisaram acelerar projetos de digitalização das aulas, mesmo que temporariamente. Outra área que já vinha crescendo mas que foi acelerada ainda mais, são das entregas delivery por aplicativos.

 

Por mais que o presencial ainda tenha vários diferenciais, o fato é que o digital ainda tem muito campo para crescer e esse acontecimento tende a acelerar mais esse processo.

 

Ajustes financeiros de pessoas físicas e jurídicas

O impacto na saúde gerado pelo vírus trouxe consequências tão ou até mais graves na área econômica. Ainda é cedo para avaliarmos o grau do impacto, mas sabe-se que não vai ser baixo. Nos Estados Unidos, os pedidos de seguro desemprego saltaram de 282 mil na semana passada para 3,28 milhões na outra semana. No Canadá o movimento é o mesmo com número de demissões comparadas com os níveis da grande depressão de 1929.

 

Quando a área financeira é afetada, não resta outra alternativa a não ser diminuir os custos. Geralmente o ser humano segue uma ordem de preferência de produtos e serviços relacionados a pirâmide de maslow.

 

Ajustes financeiros de pessoas físicas e jurídicas

Se você precisa avaliar se corta o coach, o futebol da semana, o plano de saúde ou deixa de pagar a água, provavelmente vai seguir uma ordem de corte considerando primeiro cortar o coach, depois o futebol, plano de saúde e por último a água.

 

Essa análise geralmente não é tão simplista assim, porque vai depender de outros fatores, mas o fato é que a pirâmide de maslow nos ajuda a refletir sobre a reação do ser humano.

 

Nosso trabalho aqui é tentar entender onde nosso produto ou serviço se encaixa, direta ou indiretamente. Isso vai ajudar a entender o quanto ele será impactado nessa crise.

 

Aumento da inclusão digital

Aumento da inclusão digital

Minha esposa tinha grande receio de comprar pela internet. O fato de deixar seus dados de cartão de crédito em um site a deixava insegura. Até ela precisar comprar um presente para sua irmã que mora em outra cidade. Como nesse caso ela poderia destinar diretamente o presente para a casa dela sem precisar ir aos correios, ela acabou optando pela primeira vez ao e-commerce. Pronto, estava quebrada a barreira do medo. Hoje ela compra mais do que eu.

 

Temos crenças e hábitos pelos quais lutamos ao máximo para não mudar. Até o momento em que se tenha uma justificativa forte para mudarmos. É o que está acontecendo nesse momento com muitas pessoas.

 

O receio de usar a internet é natural. Mas muitos estão se vendo obrigados a começar a usar aplicativos para conversar com sua família vendo seus rostos, pagar contas online, usar mídias sociais para passar o tempo. Principalmente quando falamos de um público idoso que deverá ter quarentenas mais severas.

 

Isso aumenta a velocidade da maturidade de uso de aplicativos online. No momento em que a vida começar a se normalizar essas pessoas estarão muito mais a vontade para usar e comprar na internet.

 

Injeção financeira vinda do governo e FGTS

Injeção financeira vinda do governo e FGTS

Como comentamos, esse evento irá deixar marcas fortes na economia resultando em demissões e fechamento de empresas. Todos os governos estão criando ações para minimizar esse efeito, injetando mais recurso financeiro na economia. Outro impacto causado pelas demissões será a retirada de FGTS. Isso vai também ajudar a injetar mais dinheiro que deverá ser usado para poupança, necessidades básicas e desenvolvimento próprio.

 

Agora que formulamos teorias do que acontecerá com o mercado, podemos usá-las para tentar prever algumas consequências dentro do marketing digital.

 

De forma geral, as pessoas tendem a ficar mais abertas para produtos e serviços digitais. Além disso, o fato de passarem mais tempo na internet vai fortalecer o mercado de marketing digital. Mais consumo para o marketing digital e mais oferta, na medida em que as empresas buscarão minimizar custos de investimento. Afinal o marketing digital permite ser mais assertivo na comunicação.

 

Dentre os canais de marketing digital, o Google tende a se fortalecer frente aos outros em um primeiro momento. Esse canal tem um apelo muito maior para necessidades e menor para produtos de compra impulsiva.

 

A dificuldade financeira das empresas tende a levar as equipes para canais mais orgânicos como e-mail marketing e marketing de conteúdo.

 

Os anúncios pagos que funcionam por leilões devem diminuir seus preços, afinal o leilão acompanha muito o movimento de oferta e procura.

 

Marketing digital não é uma ciência exata. São inúmeras variáveis que precisam ser analisadas e testadas. Mesmo essas afirmações fazendo sentido para você, não se esqueça de olhar melhor seu público através de ferramentas como personas por exemplo e pensar na jornada de compra para o seu produto. Aproveite a quarentena para “afiar o machado”.

 

Nos momentos de crises e escassez, a qualidade e eficiência é fundamental para conseguir sobreviver e voltar a crescer. Com o tempo as coisas devem começar a se normalizar.

 

Quer saber mais sobre as nossas formações? Entre em contato com a gente:

 

 

Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta