Compartilhe com seus amigos!

5 minutos de leitura

Devido ao grande crescimento do marketing digital, muitas empresas saem à procura de profissionais para tocar essa área que não para de crescer.

 

Independente de você ser iniciante em marketing digital ou avançado que trabalha com planejamento em marketing digital, esses erros são comuns.

 

Nessa hora que muitos profissionais que sempre colocaram a mão na massa como analista enxergam uma grande oportunidade de crescimento na carreira e aceitam o desafio.

 

A inexperiência ou a vontade de fazer acontecer logo, muitas vezes acabam resultando em erros que podem colocar em risco essa caminhada logo no início. Afinal, o marketing digital está cada vez mais relacionado com as vendas das empresas e a pressão por resultados só cresce. Se você não passar segurança no começo, pode logo ser cortado do time.

 

Para evitar que isso aconteça, destacamos os principais obstáculos para que você consiga ganhar o respeito da Diretoria e dos Donos no começo e consiga assim, fazer o departamento decolar!

 

1. Mudar muita coisa de uma só vez

 

A ansiedade em revolucionar a empresa geralmente é grande nesse momento. Ainda mais quando se fala em marketing digital onde as alternativas são várias. Por isso, é muito comum propomos várias ações para mostrar que estamos ativos. Mas como dizia Peter Drucker, “Não confunda movimento com evolução”. Ainda mais quando se trata de um ambiente novo, onde você tem pouco conhecimento do mercado, do produto e pouco relacionamento com o restante da empresa. Muitas vezes, essa é uma variável que subestimamos mas que é fundamental para o sucesso dos projetos. Caso contrário, suas ideias podem ser sabotadas pela equipe mesmo de forma inconsciente.

 

2. Não escutar o cliente

 

Sempre digo que marketing é conectar pessoas e marcas. Para isso é fundamental entender muito bem ambos. Não falo de uma pesquisa de mercado que você olhe na frente do seu computador. Falo de sair da sua sala, ir a campo e conversar com quem é o responsável por manter a empresa viva. Seus clientes. Ver como é o dia a dia deles. Suas dores, desafios, forma como procura seu produto, quando procura. Um trabalho bem feito de personas nesse momento irá te gerar insights que nem mesmo o dono da empresa imaginária.

 

3. Trabalhar isolado do comercial

 

Algumas áreas geralmente não se falam dentro da empresa. Comercial e marketing é um exemplo claro. O Comercial geralmente diz que o pessoal de marketing é “enrolado” e “perfeccionista”, enquanto o marketing acusa o comercial de “imediatistas” e de não pensarem no longo prazo. Mas o estranho é que estão todos no mesmo barco. Se uma equipe não der certo ela afeta diretamente o resultado da outra e vice versa. Por isso, procure ter o comercial do seu lado. Principalmente porque eles irão ter observações riquíssimas por estarem junto com o cliente.

 

 

4. Não se aprofundar no produto

 

Falamos que marketing é conectar pessoas e marcas. Por isso, entender muito bem o outro lado, que são seus produtos também é fundamental para realizar essa conexão. Vemos muitas empresas onde o “telefone sem fio” na comunicação do produto é enorme, fazendo com que o produto gerado pela empresa, ao passar pelo marketing, comercial e chegar ao cliente gere uma outra expectativa que não tinha nada a ver com a proposta inicial. Manter tudo isso alinhado é importante e muito mais difícil do que se parece. Afinal, um dos principais problemas das empresas é a falha de comunicação.

 

5. Criar grandes expectativas

 

Quando tive agência de marketing digital por mais de 10 anos, ficou muito claro a importância de alinhar a expectativa com o cliente. Na vontade de realizar o melhor trabalho você acaba prometendo resultados e ações que o cliente nem esperava. Mas, a partir do momento em que você verbalizou, você criou uma expectativa. E a partir desse momento será cobrado por ela. Depois, se você não conseguir cumprir, será responsabilizado. Por isso, gerencie as expectativas com cuidado para que a ansiedade não jogue contra os resultados.

 

6. Pedir verba antes de mostrar resultado

 

Você chega na empresa monta um excelente plano estratégico para ser implementado em 2 anos e diz que precisará para isso aumentar a verba do departamento em 5x. Não adianta nem entrar no aspecto de se o plano é bom ou não. O fato é que confiança se constrói com o tempo e com resultados. Uma frase que usávamos muito é “gere pequenas vitórias para gerar fôlego para as grandes vitórias”. Crie metas menores e mais rápidas de serem alcançadas no começo. Depois, com a confiança conquistada, será muito mais fácil conseguir dar saltos maiores.

 

7. Não assumir o controle das ações

 

De futebol, religião, política e marketing digital todo mundo entende um pouco. Como marketing é comunicação, sempre haverá ideias novas e ações dos concorrentes para serem copiadas. É nessa hora que muitos departamentos se perdem, iniciando várias ações mas sem terminar nenhuma. Claro que precisamos escutar os outros departamentos, mas a cadência e as prioridades devem ser dadas por você. Fazer só para agradar o diretor vai gerar uma satisfação momentânea, mas quando o resultado não aparecer, não adianta querer culpar ele por interferir nas suas prioridades. Ele nem vai lembrar que isso aconteceu.

 

Uma última dica é para vocês conhecerem também nosso curso de Formação em Marketing Digital. Assim como todos nossos cursos, ele tem o foco prático com mentores especialistas do mercado. Vale a pena conhecer.

 

Então pessoal, esses são os principais desafios que encontramos. Se esqueci de algum, comente aqui no blog.  Se você conseguir minimizar as dificuldades iniciais e souber gerenciar suas prioridades, seu departamento tem tudo para ser um sucesso dentro da empresa.

 

 

Compartilhe com seus amigos!

Deixe um comentário