Compartilhe com seus amigos!

3 minutos de leitura

Me chamo Brendha e sou uma Harver da formação em Data Science. Vim contar um pouquinho sobre como foi o meu processo de conhecimento do Data Science vindo de um bacharelado em Estatística.

 

Qual foi o seu primeiro contato com o Data Science?

 

Escolhi a faculdade de Estatística por já ter interesse em análises num geral, com o andamento do curso fui descobrindo mais sobre Data Science no geral e senti à vontade de me aprofundar neste assunto. Não se falava em “Data Science”, mas já se tratava dela. Comecei a entender mais sobre a análise e estudo dos dados, mas ainda sentia falta de aprender mais num nível de negócios, pois nunca havia tido experiência, foi quando veio a vontade de procurar um curso que pudesse me auxiliar nisso. 

 

Qual foi a sua trajetória até o momento em que decidiu se especializar na área?

 

Conforme fui aprendendo sobre estatística, descobri o tamanho da abrangência em assuntos em que os dados são analisados, desde dados característicos quanto os de algum experimento específico. Quando comecei, a chamada “era digital” já estava em alta e eu visualizava cada vez mais oportunidades para me especializar e desenvolver. Acredito que ter feito o curso neste momento foi muito importante para consolidar e rever conceitos e também para esclarecer outros assuntos como pensamentos de negócios, mindsets, etc.

 

Por que você escolheu a Harve?

 

Conheço as minhas dificuldades durante a graduação e os pontos que requerem mais atenção e, sendo assim, escolhi o curso que oferecesse a melhor ementa para o que eu esperava aperfeiçoar. Sinto que nesse sentido a Harve seja a melhor instituição no momento, principalmente por ofertar aulas remotas neste período de pandemia e ter a possibilidade de rever as aulas e conteúdos sempre que necessário.

 

 

Como está sendo a sua experiência com o Data Science e como foi a sua formação?

 

Durante a formação na Harve consegui acompanhar bem as aulas, todos os facilitadores são muito solícitos e atenciosos com qualquer demanda, consegui absorver bastante conteúdo e, neste momento estou revendo os materiais que tive mais dificuldade. Minha experiência com Data Science tem sido muito engrandecedora não só no aspectos profissional, pois é o segmento em que escolhi seguir, mas também no pessoal, pois abriu um campo de conhecimento em que não canso de aprender e descobrir coisas novas.

 

Qual a sua expectativa com o mercado de Data Science daqui pra frente?

 

Vejo hoje que o mercado está bem aquecido, com várias empresas investindo em time de cientistas de dados e analistas, e também empresas menores que já enxergam sua importância e se esforçam em integrar o time de funcionários. Acredito que os tempos atuais e próximos serão gratificantes para quem se esforçar nessa área!

 

  • Etapa 1

Quer saber mais sobre as nossas formações? Entre em contato!

Seu nome

Seu telefone

Seu e-mail

Formação de interesse

 

 

Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta